Ficha de Casa Religiosa
    
Designação
Convento de São Domingos de Lisboa

Código
LxConv100

Outras designações
Convento de São Domingos

Morada actual
Rua de Barros Queirós

Sumário
De iniciativa régia, o Convento de São Domingos de Lisboa, da Ordem dos Pregadores foi fundado em 1242 por D. Sancho II. A construção do edifício, implantado junto ao Rossio, no Campo da Corredoura, desenvolveu-se em duas campanhas de obras, tendo ficado concluída em 1259. Em terrenos da cerca, na Horta dos Frades, foi construído (a partir de 1492) o Hospital Real de Todos os Santos.

O Terramoto de 1755 provocou grandes estragos na estrutura conventual, tendo o Plano de reconstrução da Baixa alterado significativamente a imagem deste cenóbio, nomeadamente com a construção dos dormitórios no grande bloco que delimita a Praça do Rossio.

Após a extinção das Ordens Religiosas, a zona conventual foi parcialmente demolida para abertura da Rua de D. Antão de Almada e da Travessa Nova de São Domingos, tendo vários elementos construtivos do convento sido integrados, no subsolo e/ou à superfície, nos prédios no quarteirão pombalino que dá para o Rossio e na frente norte da Travessa Nova de São Domingos.

A igreja sofreu um violento incendio em 1959, que destruiu praticamente todo o interior e a cobertura.

Caracterização geral
Ordem religiosa
Ordem dos Pregadores

Género
Masculino

Fundador
D. Sancho II - Iniciativa régia

Data de fundação
1241-10-20

Data de construção
1259

Data de extinção
1834-05-30

Tipologia arquitetónica
Arquitetura religiosa\Monástico-conventual

Componentes da Casa Religiosa - 1834
Convento
Claustro
Pátio: 2
Cerca de recreio

Caracterização actual
Situação
Convento - Parcialmente demolido(a)
Igreja - Existente
Cerca - Urbanizada

Disposições legais
Monumento Nacional; Decreto nº 5046; publicado a 11 de Dezembro de 1918

Cronologia
1241-10-20 Licença do Deão e Cabido de Lisboa para que os religiosos da Ordem dos Pregadores possam edificar um convento em Lisboa.
1259 Conclusão das obras de construção do convento.
1271 Por testamento de D. Afonso III, o convento é dotado por numerosas terras na sua envolvente, a norte, nascente e sul.
1506 A comunidade é expulsa do convento por D. Manuel por ter sido responsabilizada pela rebelião dos cristãos-novos em Lisboa, e regressa seis meses depois.
1517 Anexo ao convento é edificado, sob patrocínio de D. Manuel, o Colégio de São Tomás, dedicado ao estugo geral de Filosofia e de Teologia para frades dominicanos e monges jerónimos
1531-01-26 O tremor de terra que atinge Lisboa provoca grandes estragos no convento. As obras de recuperação prolongam-se até 1538.
1538 O Colégio de São Tomás é transferido para o Convento de Nossa Senhora da Vitória da Batalha e no ano seguinte para Coimbra.
1552 O convento tem cem frades e cinco servidores.
1559 Por intercessão da rainha D. Catarina e com o consentimento da Santa Sé, para ajudar a comunidade do Mosteiro de Santo André de Ancede, de Cónegos Regrantes de Santo Agostinho, este cenóbio é unido ao Convento de São Domingos.
1615-11-19 A Câmara concede uma esmola de 60$000 réis ao prior e religiosos do Convento de São Domingos, para atender às suas necessidades.
1821-03-29 Cerimónia do juramento das Bases da Constituição na Igreja de São Domingos.
1824-07-13 Os religiosos do Convento de São Domingos anunciam que têm para aforar ou arrendar uma quinta no termo de Alcoentre, composta por casas, um grande lagar de vinho, adaga, curral de gado, vinhas, olival, pomar, pinhal, uma grande charneca de pastagem e muitas terras de semeadura. Têm também para arrendar um «grande casarão» que fica ao lado da igreja do convento. Os interessados deverão falar com o Prior ou o Síndico do convento para saber os termos dos respectivos contratos.
1830-06-10 D. Miguel e as infantas assistem na igreja do Convento de Santa Apolónia à entrada, como noviça, de uma filha da Santa Casa da Misericórdia.
1830-06-10 D. Miguel acompanha a procissão do Corpo de Deus, que saiu da igreja do Convento de São Domingos e as infantas assistem de uma das janelas do convento. A guarda de honra formada à porta da igreja foi feita pelo Corpo de Voluntários Realistas Urbanos.
1832-02-03 Dão entrada na Comissão criada pela Ordem Geral do Exército nº 79, estabelecida na Casa da India, os donativos para a aquisição de capotes e outros objectos para os Corpos de voluntários Realistas e de milícias. Da lista de doadores faz parte o Procurador-Geral do Convento de São Domingos de Lisboa, com a quantia de 50$000 réis
1834-05-30 Decreto de extinção de todas as casas religiosas masculinas das ordens regulares e incorporação dos seus bens nos Próprios da Fazenda Nacional. O Convento de Sao Domingos é suprimido.
1834-07-05 Portaria da Prefeitura da Estremadura determinando que o Provedor do 3º Distrito tome posse dos conventos da sua área de jurisdição (São Domingos, Corpus Christi e Boa-Hora) e dos respectivos prédios urbanos, e que faça a sua avaliação.
1834-08-19 Portaria do Tribunal do Tesouro Público sobre a venda e o arrendamento dos bens nacionais. Determina que o Perfeito da Província da Estremadura dê orientações para que se proceda à venda dos bens móveis e semi-móveis, excepto os objetos do culto divino, as peças de ouro e prata e as livrarias; e que arrende, por um ano, todos os prédios rústicos e urbanos da Fazenda Nacional.
1834-11-30 Transferência da paróquia da freguesia de Santa Justa para a igreja do extinto Convento de São Domingos, passando a ter a invocação de Santa Justa e Rufina.
1835-09-04 Venda do edifício do convento e suas pertenças (no total de 15 lotes), confrontando com a Praça do Rossio, Rua do Amparo e Travessa de São Domingos, pelo valor de 134:870$000.
1918-11-30 Classificação da Igreja de São Domingos como Monumento Nacional (decreto nº 5046, publicado a 11 de Dezembro).

Fontes e Bibliografia
Material gráfico

Distribuição do prospecto para a Rua do Amparo segundo o detalhe dos terrenos do extinto Convento de São Domingos, o que vai em linhas encarnadas é a parte que se acha feita e a que se deve fazer de novo. Arquivo Nacional Torre do Tombo.

SEQUEIRA, Gustavo de Matos - Lisboa antes do Terramoto de 1755. Museu de Lisboa [1955-1959]. 17 tabuleiros, 10.260 x 4060mm, esc. 1: 500.

Cartografia

CARVALHO, José Monteiro de; - [Livro das plantas das freguesias de Lisboa]. Códices e documentos de proveniência desconhecida, nº 153, Planta da freguezia de Sta Justa, f. 64 (imagem 0142).

[Enquadramento urbano | Convento de São Domingos de Lisboa, 1834].

[Enquadramento urbano | Convento de São Domingos de Lisboa, 2015].

FOLQUE, Filipe; - [Carta Topográfica de Lisboa e seus arredores, 1856/1858]. 1:1000. 65 plantas; 92 X 62,5cm, Planta 36 (Agosto 1858).

[Lisboa 1900. Planta mostrando o traçado completo da Avenida dos Anjos e das Ruas adjacentes [...]]. 1:5000.

[Planta topographica, e exacta do Sitio, que comprehende a Ilha em que estava edificado o Hospital Real de Todos os Santos desta Cidade, o Convento de São Domingos e Cazas asim do Ill.mo e Exm.o Marquês de Cascaes, como as dos particulares [ Material cartográfico] / a qual foi tirada na prezença do Sargento Môr Philippe Roiz de Oliveira, pello Ajudante Guilherme Joaquim Paês de Menezes, e o Discipulo Thomas Roiz da Costa a que assiatirão também outros Discipulos do dito Sargento Môr, e que se finalizou a 9 de Dezembro de 1750]. D. 100 R..

POPPE, Elias Sebastião; - [Configuração de partes das fortificações antigas da cidade de Lisboa [...]]. MC.DES.0010.

Manuscrito

[Consultas da Comissão Eclesiástica da Reforma]. [Manuscrito]1822-1823. Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Ministério dos Negócios Eclesiásticos e Justiça, Maço 268, n.º 4, Caixa 214, Doc. 7.

[Junta do Exame do Estado actual e Melhoramento temporal das Ordens Regulares]. [Manuscrito]1790-1830. Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Ministério dos Negócios Eclesiásticos e Justiça, Maço 270, nº1, Cx. 216, Doc. 18.

Inventário de extinção do Convento de São Domingos de Lisboa. [Manuscrito]Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Ministério das Finanças, Convento de São Domingos de Lisboa, Cx. 2229.

Inventário de extinção do Hospício de Nossa Senhora do Desterro de Lisboa. [Manuscrito]. Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Ministério das Finanças, Hospício de Nossa Senhora do Desterro de Lisboa, Cx. 2225, f. 0174-0176.

Monografia

ABREU, Laurinda - Um parecer da Junta do Exame do Estado actual e Melhoramento Temporal das Ordens Regulares nas vésperas do decreto de 30 de Maio de 1834. Estudos em homenagem a Luís António de Oliveira Ramos. Porto: Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2004, pp. 117-130.

BRANDÃO, João - Grandeza e Abastança de Lisboa em 1552. Lisboa: Livros Horizonte, 1990, p. 115.

BRITO, Gomes de - Lisboa do Passado. Lisboa de nossos dias. Lisboa: Livraria Ferin, 1911, p. 115.

Collecção de Contas da Commissão Interina da Junta do Crédito Público até 10 de Setembro de 1836. Lisboa: Imprensa Nacional, s.d.

História dos Mosteiros, Conventos e Casas Religiosas de Lisboa, Tomo I. Lisboa: Câmara Municipal de Lisboa, 1950, pp. 91-108.

OLIVEIRA, Eduardo Freire de - Elementos para a história do município de Lisboa, 1ª parte, Tomo II. Lisboa: Typographia Universal, 1887, p. 357.

PORTUGAL, Fernando; MATOS, Alfredo de - Lisboa em 1758: Memórias Paroquiais de Lisboa. Lisboa: Publicações Culturais da Câmara Municipal de Lisboa, 1974, pp. 134 e 307.

SANTA MARIA, Frei Agostinho de - Santuario Mariano e Historia das Images Milagrosas de Nossa Senhora E das milagrosamente apparecidas [...], Tomo Primeyro. Lisboa: Officina de Antonio Pedrozo Galram, 1707, pp. 50-54 e 108-112.

SOUSA, Bernardo Vasconcelos e, et al - Ordens Religiosas em Portugal: das Origens a Trento. Guia Histórico. 2ª Edição. Lisboa: Livros Horizonte, 2006, pp. 381-382 e 389-390.

Periódico

Diário da Regencia, nº 77. Lisboa. Na Imprensa Nacional [30 de Março de 1821].

Gazeta de Lisboa, nº 136. Lisboa: Na Impressão Régia, [11 de Junho de 1830], pp. 551-552.

Gazeta de Lisboa, nº 163. Lisboa: Na Impressão Regia, [13 de Julho de 1824], p. 776.

Gazeta de Lisboa, nº 34. Lisboa: Na Impressão Regia, [9 de Fevereiro de 1832], pp. 168 e 170.

LOURINHO, Manuel H. - História da Igreja e Convento de S. Domingos de Lisboa. Olisipo, Ano XXXVII-XXXVIII, nº 137-138. Lisboa: Ramos, Afonso & Moita, Lda.. 1974-1975, pp. 48-59.

LOURINHO, Manuel H. - A Ermida de Nossa Senhora da Escada nas suas relações com a Igreja e o Convento de S. Domingos. Olisipo, Ano XXXV, nº 134. Lisboa: Ramos, Afonso & Moita, Lda.. Janeiro/Junho de 1972, pp. 32-45.

LOURINHO, Manuel H. - A Igreja e o Convento de S. Domingos de Lisboa. Olisipo, Ano XXXIV, nº 133. Lisboa: Ramos, Afonso & Moita, Lda.. Julho/Dezembro de 1971, pp. 115-123.

SILVA, Augusto Vieira da - Notícias históricas das freguesias de Lisboa. Revista Municipal, nº 15. Lisboa: Câmara Municipal de Lisboa. 1943, pp. 3-24.

Material Fotográfico
Convento de São Domingos de Lisboa | Exterior | Igreja. DPC_20150212_103.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Exterior | Rua de Barros Queirós. DPC_20150212_108.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Exterior | Rua de Barros Queirós. DPC_20150212_110.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Exterior | Rua de Barros Queirós. DPC_20150212_111.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Exterior | Rua de Barros Queirós. DPC_20150212_113.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Exterior | Trav. Nova de São Domingos. DPC_20150212_114.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Exterior | Trav. Nova de São Domingos. DPC_20150212_086.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior | Igreja |. DPC_20150212_088.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior | Igreja |. DPC_20150212_089.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior | Igreja |. DPC_20150212_091.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior | Igreja |. DPC_20150212_092.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior | Igreja |. DPC_20150212_101.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior | Igreja | Sacristia. DPC_20150212_093.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior | Igreja | Sacristia | Azulejos. DPC_20150212_094.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior | Igreja | Portaria. DPC_20150212_096.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior | Igreja | Portaria. DPC_20150212_100.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior | Igreja | Portaria. DPC_20150212_097.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior | Igreja | Portaria | Lápide. DPC_20150212_099.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior | Claustro | Galerias. DPC_20150212_116.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior | Claustro | Galerias. DPC_20150212_120.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior | Claustro | Galerias. DPC_20150212_122.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior | Claustro | Galerias. DPC_20150212_119.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2015.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior |. DSCF8230.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior |. DSCF8262.

Convento de São Domingos de Lisboa | Interior |. DSCF8237.

Convento de São Domingos de Lisboa | Exterior | Igreja. PAG000473.
© CML | DMC | Arquivo Municipal de Lisboa.

Convento de São Domingos de Lisboa | Museu de Lisboa | Maqueta de Lisboa antes do Terramoto de 1755 | Pormenor.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2013.

Convento de São Domingos de Lisboa | Museu de Lisboa | Maqueta de Lisboa antes do Terramoto de 1755 | Pormenor.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2013.

Convento de São Domingos de Lisboa | Museu de Lisboa | Maqueta de Lisboa antes do Terramoto de 1755 | Pormenor.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2013.

Convento de São Domingos de Lisboa | Museu de Lisboa | Maqueta de Lisboa antes do Terramoto de 1755 | Pormenor.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2013.

Convento de São Domingos de Lisboa | Museu de Lisboa | Maqueta de Lisboa antes do Terramoto de 1755 | Pormenor.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2013.

Convento de São Domingos de Lisboa | Museu de Lisboa | Maqueta de Lisboa antes do Terramoto de 1755 | Pormenor.
© CML | DMC | DPC | José Vicente 2013.

Convento de Nossa Senhora da Graça | Exterior | Panorâmica poente. A6734.
© CML | DMC | Arquivo Municipal de Lisboa.

Inventariantes
Rita Mégre - 2013-05-22
Hélia Silva
Última atualização - 2019-05-13

Imagens: 35