Da cidade sacra à cidade laica. A extinção das ordens religiosas e as dinâmicas de transformação urbana na Lisboa do século XIX

(1/1)
Designação
Hospício dos Tomaristas

Código
LxConv126

Sumário
Por via a corrigir imprecisões existentes em algumas fontes que apresentam a Real Colegiada de Nossa Senhora da Conceição como sendo um hospício ("Hospício dos Tomaristas"), tomou-se a opção da criação de um registo de inventário a esta alusivo, ainda que este não se insira no contexto do Projecto LxConventos.

Aquando da construção do Mosteiro dos Jerónimos, D. Manuel I deu aos frades da Ordem de Cristo (que aí tinham uma ermida) uma igreja que anteriormente havia sido uma sinagoga. Aí instituem a "Real Colegiada de Nossa Senhora da Conceição", tendo o edifício sido quase totalmente destruído com um incêndio que se seguiu ao terramoto de 1755.

Caracterização geral


Ordem religiosa
Ordem Militar de Cristo

Género
Masculino

Caracterização actual


Situação
Demolido(a)

Fontes e Bibliografia


Monografia

PORTUGAL, Fernando; MATOS, Alfredo de - Lisboa em 1758. Memórias Paroquiais de Lisboa. Lisboa: Publicações Culturais da Câmara Municipal de Lisboa, 1974, p. 308.

Material Fotográfico


Hospício dos Tomaristas | Planta de Lisboa, cópia de 1850 do levantamento de João Nunes Tinoco (1650).



© in patrimonium .net
Câmara Municipal de Lisboa
 Data: 2022-08-14